Redes dentro de casa

Postado por: Manu Mitre
05 de August de 2013

Eu cismei que quero uma rede aqui pra casa. Dessas de dormir, mesmo, artesanal. E sem o preconceito de que rede é coisa de varanda, de casa de praia ou de decorações rústicas demais. Rede é um lugar confortável e aconchegante para se sentar ou deitar, ponto. Olha só.

Essa daí é a loja flagship da marca Alexander Wang no SoHo, em Nova Iorque. Super sofisticada e luxuosa, com piso e bancada em mármore branco, tecidos nobres como couros e peles, projeto de iluminação bem elaborado e  que reforça o brilho das paredes branquíssimas. Ah, e uma rede. Reparou? Quer paparico mais delicioso para quem entra em uma loja e quer se sentar confortavelmente para esperar alguém?

decoração sofisticada com rede

Ainda nas redes cobertas de pele, veja este atelier. Despojado e moderninho, a rede é uma graça a mais, um luxo, mesmo. É possível trazer o aconchego das redes para ambientes comerciais e sofisticados, só precisamos pensar na harmonia entre cores e materiais para que tudo faça sentido.home office com rede

Depois que vi esse home office aí de baixo, confesso que virou meu objetivo ter uma rede atrás da minha cadeira. Pego uma revista, um livro ou o iPad pra ver o que anda rolando por aí e me jogo. Delícia.

decoração de home office

Claro que o despojamento das redes pode ser muito bem aproveitado, inclusive em ambientes contemporâneos e moderninhos. Por que não ter uma rede para receber os amigos na sala? O layout bem solto, com tapete redondo e almofadas no chão é um convite pra se jogar e se sentir em casa, e isso tudo num apartamento bem urbano.

decoração sala com rede

E a ideia de simplesmente substituir os sofás por redes em uma sala de leitura ou de música? E curtir por inteiro os momentos de descanso e lazer, mesmo que seja dentro de casa e num dia chuvoso.

decoração com rede na sala

E pra quem sonha em ter uma rede na varanda mas não tem varanda, a solução pode ser uma rede perto de uma boa janela, por que não?

decoração com rede

E aí? Vai entrar na minha onda e comprar uma rede também? Tem umas lindas, olha as que eu tô namorando:

redes de dormir coloridas

Imagens: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8

Categorias: Cadeira, Cama, Decoração, Home Office, Inspiração, Móveis e Acessórios, Quarto, Sala de Estar, Sala de TV, Sofá
Veja Também

Dicas para aproveitar liquidações de decoração

Postado por: Manu Mitre
01 de August de 2013

Você é daqueles que pede a Deus que te tire o bom gosto ou te dê mais dinheiro? Ou você sonha (sofrendo) com aquela cadeira de design que (você acha que) não cabe no seu bolso? Seus problemas a-ca-ba-ram. Loja de arquitetura e decoração também entra em liquidação. Inclusive aquelas sofisticadíssimas. Sério. E hoje começa uma imperdível para quem está em São Paulo: o Bota-Fora D&D. Os descontos chegam a 60% e as lojas de lá são top de linha. Juro, não dá pra perder. Inclusive se seu objeto de desejo é uma simples almofada ou um porta-retratos. Por isso eu resolvi dar algumas dicas para vocês aproveitarem bem essa oportunidade, não gastarem dinheiro à toa e voltarem pra casa bem felizes. Presta atenção:

1 – Leve sua casa com você

A memória da gente é traiçoeira e hoje em dia quase todo mundo tem um smartphone com câmera, use-o a seu favor! Tire fotos dos ambientes da sua casa, preferencialmente com boa iluminação natural. Acredite: na hora que você está na loja, na frente de um super-desconto-mega-tentador, você se esquece que tem uma poltrona bem ali onde você imaginava encaixar aquele lindo baú. E joga dinheiro fora.

Pra não ter dúvida se o tapete vai ficar pequeno, se vai caber aquela cômoda ou se o rack não vai invadir o corredor, marque as medidas de tudo – tamanho das paredes, altura das janelas, largura de portas, as dimensões dos móveis, tudinho. Existem mil aplicativos que fazem isso, eu uso o MyMeasures. Aliás, fiz um post uns tempos atrás com várias alternativas bem úteis para este momento, corre lá pra dar uma olhada depois.

apps de decoração

2 – Tenha foco

Faça uma lista das suas reais necessidades e sonhos de consumo. Isso não significa que você vai sair comprar tudo, mas pelo menos te ajuda a manter o foco no mais importante e a não esquecer de nada. Já anote prováveis medidas ou cores de cada item, isso vai te ajudar a preparar o seu olhar e pinçar justamente o que você procura no meio de tanta alternativa.

Se o destino já estiver definido, verifique (e priorize) quais lojas você vai visitar. No D&D, por exemplo, você vai encontrar desde material de acabamento, cubas e misturadores, bem úteis para quem está no meio de uma reforma, mas também vai ver lojas de móveis, cortinas, roupa de cama e banho, eletrônicos, e até uma que só vende antiguidades. Planeje bem quais são sua prioridade de visita, considerando sua lista de necessidades e sonhos, para não perder o que mais te interessa.

Para não se arrepender depois por ter entrado no cheque especial, eu também recomendo estabelecer um teto de gastos. Estude direitinho quanto dinheiro você tem e pode gastar. Ou quanto está disposto a investir neste momento. Se tiver uma noção de preços fora de liquidação de cada produto da sua lista, anote também. Assim você consegue fazer uma avaliação mais racional na hora da decisão pela compra.

3 – Esteja aberto e preparado para o novo

Pode ser que apareça um tapete im-per-dí-vel e que não esteja na sua lista de prioridades, ou que uma simples almofada se torne uma obsessão, permita-se.

Está na dúvida? Dê uma voltinha, tome uma cerveja especial no quiosque Mr. Beer ou um frozen no Tutti Frutti (que também está com desconto durante o Bota-Fora), respire. Sente um minuto e releia sua lista e seu limite financeiro, olhe bem as fotos da sua casa e medidas de onde se encaixaria essa nova possibilidade. Pergunte-se: por que eu quero tanto esse fulano? Tem a ver com o conceito da minha casa? Cabe no meu bolso? O preço está bom? Talvez a cor não seja ideal – dá pra pintar ou forrar? E, mesmo assim, continua valendo a pena?

Às vezes um simples objeto nos faz parar pra pensar que o sofá pode mudar de lugar, que a mesa lateral pode ir pro quarto e que o quadro da sala tem que ir pro escritório. Faz parte do processo criativo e passear em lojas de decoração é um exercício e tanto para isso. Com as fotos e medidas de tudo na mão você vai conseguir avaliar se essas ideias são realmente viáveis ou se não passam de um delírio consumista. Menos chance de se arrepender depois – tanto por ter levado pra casa algo que não dá certo, como por não ter comprado algo que teria feito toda a diferença. E dá-lhe remorso desnecessário.

4 – Vá logo

Liquidações têm mais alternativas no início, todo mundo sabe disso. Não deixe pra última hora que você pode perder o melhor da festa. Leve seu celular, com bateria carregada e com todas as fotos e medidas, pegue sua listinha de prioridades com seu limite financeiro, não se esqueça de levar uma trena e use sapatos confortáveis. Pesquise no mapa o melhor caminho e vá. Se você se preparar bem, vai valer a pena, pode ter certeza. Depois me conta como foi.

logo bota fora

19a. edição do Bota-Fora D&D

Quando: 1° de Agosto a 18 de Agosto

Endereço: Av. das Nações Unidas, 12.555, Brooklin – (Marginal Pinheiros, próximo a Ponte Estaiada) Informações: Tel.: (11) 3043-9000 / 3043-9650 Funcionamento: segunda a sexta-feira, das 10h às 22h; sábado, das 10h às 21h e domingo das 14h às 20h (horário especial)

http://www.dedshopping.com.br/

http://www.botafora.wtc.com.br/

Twitter: @dedshopping

Facebook: ddshopping

 

 

Este post recebeu o incentivo de uma empresa, mas pode ficar tranquilo. Tudo que a gente publica aqui no Casa da Id&a é elaborado com o mesmo critério de sempre e representa a nossa verdadeira opinião. Quer saber mais, veja nossa  Política de Transparência e Respeito ao Leitor.

Categorias: Decoração, Móveis e Acessórios, Publicidade
Veja Também

Elementos do design: Linhas curvas

Postado por: Manu Mitre
22 de July de 2013

Decorar a casa sabendo escolher os elementos certos é que nem decidir os ingredientes para a receita de um bolo – importantíssimo. A gente já falou sobre como as linhas retas deixam o ambiente mais sério, formal, e já deu pra perceber que uma curvinha besta, no lugar de uma quina viva, já faz toda a diferença para trazer mais aconchego, não foi? É que na Natureza quase não vemos linhas realmente retas. Os desenhos das folhas, das flores, dos troncos das árvores e corpos dos animais, do percurso de rios e das margens dos lagos, até das ondas do mar e das nuvens são sempre combinações de curvas. É por isso que curvas mais livres nos remetem a algo mais natural, aconchegante e suave, algo mais real, mesmo.

decoração moderna

Agora repara no banheiro da última foto. O espelho e o móvel são em linhas e ângulos bem retos, fazendo um contraste interessante com as linhas orgânicas do acabamento da parede e da cuba. A mistura de brilho metálico, louça branca e madeira escura também traz um lindo contraste reforçando um conceito super sofisticado e moderno.

Quando estilizamos um pouco essas curvas e as transformamos em linhas sinuosas e mais controladas, continuamos transmitindo a sensação de movimento e liberdade, mas adicionamos um quê de artificial, de humano. Nosso olhar continua escorregando sobre essas ondas de uma forma suave, mas agora com  um pouco mais de controle. Um efeito que lembra o que vimos dos ângulos retos em comparação aos cantos arredondados. Essas curvas trazem sensualidade para um ambiente mais sóbrio.

decoração modernaO auge desse controle é o círculo, uma forma geométrica perfeita e simétrica, super racional, mas que ao mesmo tempo simboliza um movimento infinito, o sol, os ciclos do tempo, da vida e dos astros. O uso de círculos na decoração promove essa fluidez, mas ao mesmo tempo, mantém um link com a racionalidade e com a perfeição. Móveis da sala organizados em círculo ou uma mesa de jantar redonda promovem o diálogo e a interação entre as pessoas, fazem a conversa fluir. Mas fica tudo amarradinho, nada fora do controle, nada livre e solto demais.

sala em circuloAgora experimente, em vez de simplificar as curvas, sobrepor várias delas, exagerar nos detalhes dessas linhas e usá-las como a própria decoração. Você pode chegar em estilos bem luxuosos e que remetem à aristocracia francesa, como o rococó.decoração rococo

 

Imagens: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11

Bolos: Todos no meu álbum do Pinterest

Categorias: Arquitetura, Banheiro, Cozinha, Curso de Decoração Online, Decoração, Destaques do Mês, Mesa, Móveis e Acessórios, Poltrona, Sala de Estar, Sofá
Veja Também

Elementos do design: Linhas retas

Postado por: Manu Mitre
18 de July de 2013

Estão lembrados que os elementos de design são como os ingredientes de uma receita de bolo? Que cada um tem um papel importante para se conseguir um bolo ambiente bonito e gostoso? Resolvi começar falando de formas e linhas, da diferença entre um bolo quadrado ou redondo, por exemplo. Ok, na sua casa você não tem muita opção, escolhe a forma que entra no forno e que cabe a receita. Mas se você for encomendar um bolo para o seu casamento, para uma festa de aniversário ou para um evento importante, o formato faz toda a diferença, fala a verdade. Então aproveita as dicas de hoje pras duas coisas.

As linhas de um desenho podem ser retas ou curvas e a diferença básica entre o que cada tipo transmite é seu grau de seriedade. As linhas retas são racionais, duras e formais. As curvas se parecem mais com a Natureza portanto transmitem mais dinamismo e liberdade, são sensuais. Mas pensa que quando essas linhas se encontram no canto, forma-se um ângulo. Se elas se encontram em quinas vivas, ângulos retos (de 90 graus), você reforça essa racionalidade, precisão matemática e estabilidade.

cozinha moderna

Mesmo que se use linhas curvas, ângulos bem marcados interferem para deixar o ambiente mais sério e formal. Olha como fica uma combinação de linhas curvas e ângulos retos – um ambiente clean e moderno.

decoração clean e moderna

Se os ângulos entre essas linhas forem menores, vão provocar linhas inclinadas, trazendo um quê de instabilidade, de movimento e vida.

decoração moderna

Combine essas variações de tipos de linhas e ângulos e olha no que chegamos:

Um bolo quadrado e de cantos bem marcados tende a ser um bolo formal. A simetria perfeita de um quadrado não dá muita liberdade para descontração e reforça esse seu ar meio cerimonioso. Da mesma forma, as linhas e ângulos retos transmitem formalidade nos ambientes. Mesas quadradas, cantos vivos, acabamentos retos e a ausência de curvas fazem um ambiente mais sóbrio e frio, quase duro. Mas à medida em que arredondamos os cantos vai surgindo um clima mais leve, uma formalidade mais sutil, mais delicada, as quinas suaves atenuam a dureza das linhas retas e simples. É aquele ambiente clean e moderno, mas com um aconchego gostoso que vem das curvas mais naturais.

decoração aconchegante e moderna

Agora comece a trazer ângulos diferentes e curvas irregulares e veja um bolo se transformar. Um ambiente também ganha liberdade e descontração quando se desamarra das formas e disposições quadradas e retangulares que o mundo insiste em nos empurrar há séculos. Layouts também não precisam imitar o formato das paredes e os móveis podem se organizar em linhas inclinadas ou curvas se a intenção for dar essa sensação de dinamismo. Mas isso é assunto pro próximo post, aí a gente fala dessas curvas deliciosas ;-)

Imagens: 1, 2, 3, 4, 5, 6

Fotos e receitas dos bolos AQUI

Categorias: Arquitetura, Curso de Decoração Online, Decoração, Design, Destaques do Mês, Móveis e Acessórios
Veja Também