Hotel Design – The Levante Parliament – Viena

Postado por: Manu Mitre
14 de September de 2010

Tenho que confessar que depois da minha empolgação com o Hotel Auersperg, em Salzburg, fiquei um pouco decepcionada com o The Levante Parliament em Viena. Ele é lindo, super especial, mas peca pelo foco somente em estética deixando, algumas vezes, a funcionalidade de lado. E design de interiores não é só arte, é também função.

Esta é a recepção do hotel, super simples, em tons de bege e marrom, tudo com muito bom gosto. Por todo o hotel estão espalhadas esculturas em vidro vermelho (do artista Ioan Nemtoi) dando um toque de cor nos ambientes quase monocromáticos.

Este é o corredor entre a entrada do prédio e a recepção. Não sei se alguém senta nesses banquinhos, mas achei bonitinha a combinação de almofadas com o bege.

Este é o corredor entre a entrada do prédio e a recepção. Não sei se alguém senta nesses banquinhos, mas achei bonitinha a combinação de almofadas de tecidos coloridos "esquentando" a pedra bege.

Esta era a cama do meu quarto. Adoro essa combinação de marrom com laranja e achei uma boa ideia a cabeceira dupla. Aliás nesse friso ao redor do painel de madeira escura tem um tubinho de leds, achei meio cara de motel...

O quarto tem uma escrivaninha de madeira, que também guarda o frigobar, naquele esquema de colar a porta do frigobar na porta do móvel. Reparem como o quarto é pequenininho, a poltrona, apesar de bonita, fica espremida em um canto e atrapalha a passagem.

A combinação de cortinas era muito equilibrada com o resto do quarto. O voal de proteção branquinho, uma cortina blecaute marrom escura e uma quase dourada como decoração. Claro que o pé direito mais alto dá ainda mais impacto. Olhe como as cores das cortinas repetem as do resto do quarto.

Ainda no quarto, dois detalhes interessantes: uma é a fotografia da bailarina. Trata-se de uma série de fotografias especialmente feitas para o hotel, por Kurt Themesslassim. São lindas. O outro detalhe é a janelinha para o banheiro, bem de frente para a bacia sanitária. Claro que tem uma cortina (elétrica, por sinal) para dar privacidade quando necessário. Na prática, fechamos essa janelinha e não abrimos mais.

Aqui uma solução que eu gostei: o secador fica na gaveta e a tomada também. Fica escondidinho e não precisa ficar enrolando e desenrolando fio.

O banheiro seguia os mesmos tons de bege do resto do hotel. Acho bonita a escadinha para pendurar toalhas, apesar de não ser a última novidade. Agora o maior absurdo (que infelizmente não tenho a melhor foto para mostrar) é o box. Ele está à esquerda e a porta abre para fora. Isso significa que a porta empurra o tapete quando você sai do banho. Inteligente, não?!?!

Agora olha a vista da minha janela: o jardim central do hotel, onde fica o restaurante. Uma delícia. Eu tomava café da manhã nesse "puxadinho" de vidro porque o tempo não colaborou muito...

O restaurante segue a mesma paleta de cores e os mesmos materiais. Aqui ficam as esculturas de vidro mais bonitas - são essas divisórias vermelhas.

Enfim, linda decoração com peças de arte, madeira escura, tecidos sedosos e vidro nas cores marrom, bege, laranja e vermelho. Consistente, bonito e moderno. Mas esperava mais inovação e ousadia de um Hotel Design… concorda?

Categorias: Decoração, Hotel Design, Quarto
Veja Também
  1. Roberta
    14/09/2010

    Apesar de achar linda a combinação marron/laranja/bege concordo que o hotel de Salzburg ganha de longe nos detalhes. Excelentes posts. Deixam um desejo de ficar nestes hotéis!