Harmonia – o equilíbrio entre a monotonia e o caos

Postado por: Manu Mitre
14 de January de 2013

O que é uma decoração harmônica, afinal? Se você também ficava acompanhando pontuação de escola de samba, você sabe que a harmonia é essencial. E é a nota mais difícil de adivinhar, não é não? Nos desfiles de carnaval, o quesito harmonia avalia o entrosamento entre canto, ritmo e dança. Toda a escola deve formar um grupo coeso e entrosado, dançar no mesmo ritmo e cantar o samba enredo em uma só voz.

decoração harmônica

 

Na decoração é exatamente a mesma coisa. Os elementos escolhidos para um ambiente devem estar coesos e cantar em uma só voz. Isso significa que eles transmitem coerentemente a mesma mensagem e estão alinhados com o conceito do projeto.

sala moderna

Na sala acima, o azul claro é dominante no ambiente. Funcionando como uma cor de fundo, ele está presente no tapete, sofá, pufes e parede. As linhas suaves dos móveis mantêm o tom de delicadeza do azul. Tapete, almofadas e quadro brincam com contrastes de cores e formas (sempre) geométricas dando um aspecto de modernidade e trazendo um ritmo bem marcado e de personalidade. A simetria, apesar de quase perfeita, não faz o ambiente parecer rígido e formal. As poltronas em posição levemente inclinada parecem mais leves, soltas no ambiente. Os girassóis, além de quebrarem um pouco a simetria, são flores mais informais. As cores, formas, linhas e contrastes são coerentes nas 3 dimensões, e se encaixam perfeitamente, como em um quebra-cabeças. E tudo nesse ambiente me diz que a mesma coisa: é uma sala moderna e alegre, porém agradável e tranquila.

decoração de sala marrom

A repetição da cor marrom traz unidade a esta sala, assim como a textura brilhante do sofá conversa com a da mesinha lateral. Mas sem a variedade de tons e texturas este ambiente seria monótono. Os quadros estão alinhados por suas bases, o que traz unidade, mostra que foram organizados em um conjunto, mas cada um tem um tamanho bem diferente, trazendo variedade à composição.

Unidade – os elementos estão conectados, conversam entre si, têm formas, cores ou texturas similares. Mesmo objetos diferentes podem formar uma unidade se estiverem alinhados ou agrupados. Como os peixes, que se organizam em cardumes para parecerem um peixe enorme e afastar os seus predadores – criam unidade.

decoração com quadros

Lembram deste post sobre como organizar quadros na parede? Um grupo de quadros faz um retângulo, como se fosse um quadro maior, criando unidade entre eles. Esse retângulo está alinhado com a luminária e com a outra composição de quadros, ao lado, trazendo harmonia para a sala.

Variedade – o oposto da unidade, a variação de formas, cores e texturas faz o ambiente ficar mais atraente, interessante.

luminarias agrupadas

Nesta sala de jantar a variedade chama a atenção – várias luminárias diferentes, quadros de diferentes tamanhos, objetos sobre a mesa de jantar e sobre o buffet, cadeiras diferentes e até os pés do buffet variam de formato. O agrupamento desses objetos por tipo e cor traz unidade a tanta diversidade, fazendo uma sala cheia de variedade ser bastante harmônica.

Resumindo, a harmonia é o equilíbrio entre unidade e variedade, é a dose que você procura entre a monotonia e o caos ;-)

Imagens: 1 | 2 | 3

Categorias: Curso de Decoração Online, Decoração, Destaques do Mês, Luminária, Quadro, Sala de Estar, Sala de Jantar
Veja Também
  1. Gazoni
    14/01/2013

    Adoramos o post! Azul é sempre uma boa escolha!

  2. Mariana
    14/01/2013

    Como eu sempre digo: uma verdadeira aula. Estou anotando tudo rs!
    Eu gosto bastante deste quesito: harmonia. Acho muito importante captar algo definido quando a informação chega por pontos diferentes, como acontece em um ambiente, que temos a sensação térmica, a iluminação, o cheiro, os móveis, a decoração, a distribuição… Acho que é isso o que torna o ambiente agradável, esta ideia de tudo falar a mesma língua. E é claro que sempre sobra um espacinho pra quebrar a expectativa, né? Afinal, viva a irreverência rs!