Decoração temática ou inspirada no tema?

Postado por: Manu Mitre
29 de October de 2012

Há muito tempo penso em escrever sobre este assunto. E na semana passada uma amiga postou uma foto que me deu o clique: tá na hora de falar disso!

A foto mostra uma mesa cuidadosamente decorada, com um efeito elegante e delicado. Fui perguntar e descobri um evento (Mesas com Arte) para ajudar duas instituições que dão assistência a crianças carentes em Belo Horizonte. São peças artesanais maravilhosas como jogos americanos, toalhas de lavabo, além de porta guardanapos que são verdadeiras obras de arte. Tem um álbum do evento lá no Facebook pra quem quiser ajudar e conhecer mais, vale a pena.

mesa de jantar decorada

Voltando ao nosso TEMA… o que me chamou a atenção na mesa foram as taças, talheres, pratos, vasos, jogos americanos e guardanapos. Todos diferentes entre si, de tamanhos, cores e formas diferentes, nada se repete. Imediatamente me lembrei da mesa de chá de Alice no País das Maravilhas. Você vai me dizer que o clima deste evento não tem nada a ver com o Chapeleiro Maluco, e você tem razão. Foi justamente por isso que eu adorei. É isso que diferencia uma decoração temática do uso de uma simples referência, como inspiração para a criação.

Você pode verificar no dicionário o significado de tema: “proposição que vai ser tratada ou demonstrada, assunto”. Levando ao extremo, tema é um tratado sobre alguma coisa. Uma decoração temática gira em torno de um assunto, explora seus vários aspectos, demonstra-o sob diversos pontos de vista. O tema em si é o centro das atenções e o motivo por trás da própria decoração.

A decoração temática é uma tentativa de replicar o clima de uma situação conhecida como um filme, um personagem, uma época. Faz uma clara referência ao tema, com o objetivo de se apropriar das sensações que ele já causa nas pessoas. É quase uma homenagem. Todo mundo conhece Alice no País das Maravilhas e sabe que a cena do chá é inusitada, divertida e nonsense (sem sentido). Para quem quer transmitir essas sensações em uma festa ou ambiente, talvez a maneira mais fácil seja utilizar a fórmula que já deu certo: uma decoração temática em torno da história de Alice. Todo mundo vai entender rapidinho e entrar no clima imediatamente.

Em um outro evento, também beneficente mas desta vez em Santos, o “Chá das Mesas”, vi uma mesa decorada com o tema Alice no País das Maravilhas. Um ótimo exemplo de decoração temática. Até os personagens estão presentes para que ninguém tenha dúvidas que se trata de uma mesa de chá com pitadas de loucura.

Festa Alice no pais das maravilhas

É fácil identificar uma decoração temática, ela é propositalmente óbvia.

Inspiração, no mesmo dicionário, é “um estímulo ao pensamento ou à atividade criadora”. Pressupõe-se a criação de algo novo, original, a partir de um estímulo. Tratar a mesa do Chapeleiro como um estímulo pode transformar uma mesa formal e previsível em uma mesa original e dinâmica, sem perder a elegância e delicadeza, com a simples decisão de variar os formatos e cores das taças. Os quadros de Monet podem te inspirar com ideias de como trazer um pouco de romantismo para um ambiente sem que todo mundo entre na sala e diga “olha, uma sala de Monet”.

Resumindo, a decoração temática tem seu lugar e seu propósito, exige criatividade na escolha das referências e na execução do projeto para que não vire uma caricatura ou uma cópia mal feita de algo bacana. E a decoração original demanda criatividade para fugir do óbvio, filtrar com qualidade e reinterpretar tantas informações, referências e modismos que nos rodeiam.

E deixo vocês com uma citação de Albert Einstein, para refletir sobre o que é ser criativo:criatividade e pesquisa

OBS – Eu fiz um post, muuuuuito tempo atrás, sobre decorar a partir de inspirações em Alice no País das Maravilhas, com vários exemplos. Ok, eu admito, sou um pouco obcecada por Alice. Mas, se eu fosse você, eu ia lá ver.

 

Categorias: Curso de Decoração Online, Decoração, Destaques do Mês, Festas, Inspiração
Veja Também
  1. Bel Herbetta
    Isabela
    29/10/2012

    Adorei Manu, e essa frase do Einstein pra mim é perfeita! Sempre que preciso ter “idéias” corro pro Google e meu namorado fala “Mas isso é ter idéias?”. Sim, referências, inspirações.. Outro dia li que a criatividade nasce de encontrar “padrões” e brincar com eles!

    • Manu Mitre
      Manu Mitre
      29/10/2012

      Concordo, Isabela! Criatividade é saber o que fazer com tantas referências…