Simetria na Decoração

Postado por: Manu Mitre
07 de November de 2010

As culturas ocidentais tem uma influência importante da arte da Grécia antiga. É uma arte racional, matemática, perfeccionista. Os gregos se inspiravam na Natureza e buscavam harmonia estética através de formas totalmente simétricas e equilibradas. Se você observar a Natureza, como os gregos faziam, você vai ver como a simetria está presente. Borboletas, estrelas do mar e o próprio corpo humano. A simetria é uma referência forte para nós, e por isso é a resposta mais fácil para uma solução estética.

O mundo do design de interiores e da decoração não poderia ser diferente, as pessoas buscam a simetria quase que instintivamente. E a simetria é uma forma fácil de conseguir um equilíbrio visual e harmônico para os ambientes, apesar de não ser a única.

1. Abaixo, uma sala perfeitamente simétrica. Super equilibrada e harmônica, não tem um lado que chame mais a atenção do que o outro. Você tem certeza de que está tudo no seu devido lugar e, de alguma forma, você sente que é o correto.

 

sala simetrica

2. Passe uma linha vertical imaginária pelo centro da foto. Os dois lados são idênticos, formando uma sala perfeitamente simétrica. Os móveis se organizam aos pares – dois sofás, duas poltronas, dois pufes, dois abajures, até a parede e a iluminação são idênticas dos dois lados.

sofa bege

3. E simetria não precisa ser quadrada ou retangular, esta sala está distribuída em círculo e de forma simétrica

sala circular

4. E não precisa ser a sala inteira, a simetria pode estar presente na disposição dos objetos decorativos sobre um aparador, como este

sala marrom e verde

A simetria perfeita pode até ser bonita, mas é estática, artificial. Lembra que o charme da Cindy Crawford era justamente uma pinta em um lado do rosto? E, meu marido que me perdoe, mas as pintas idênticas da princesa Amidala (do Star Wars) me dão nervoso. Nem na Natureza as coisas são tão perfeitinhas, por isso a simetria em excesso pode transmitir artificialidade, deixando o ambiente muito formal, duro, sem vida. As pessoas ficam pouco à vontade, e com medo de tirar a ordem do lugar. Quando eu vejo uma casa assim logo me pergunto: “mas alguém realmente mora aqui?”, fica tudo com cara de apartamento modelo decorado, sabe?

A Cindy Crawford à esquerda e a princesa Amidala à direita. Uma mais natural e com charme, a outra mais formal e perfeita

5. A sala abaixo continua sendo simétrica, mas repare que um abajur é branco e o outro é preto e as mesinhas são de modelos e cores diferentes. De um lado uma planta e do outro um anjinho no chão. Esses toques são equivalentes à pinta sexy da Cindy Crawford, dão vida e charme e tiram a previsibilidade da sala

6. E esta para mim é a princesa Amidala – as estrelinhas são os olhos e os abajures as pintas. A simetria fica reforçada por causa do uso do preto, destacando esses objetos. Confesso que me deu faniquito

parede lilas sofa preto

7. A lareira é o ponto focal e seria o eixo mais natural para a simetria. As janelas são iguaizinhas e você tem a sensação de que as coisas estão arrumadas. Mas de um lado é um sofá e do outro são duas poltronas, dando um pouco mais de movimento à sala

8. O quarto de casal é o lugar mais difícil de fugir da simetria, mas ao mesmo tempo o lugar mais íntimo da casa. E o fato de uma mesinha ter muitos livros e a outra poucos me diz muito sobre a assimetria do casal. E é isso que me faz acreditar que alguém realmente usa este quarto. Apesar de ser super simétrico ele tem um toque pessoal de cada morador e de sua personalidade, dando mais vida ao quarto

mesinha de cabeceira

9. Este quarto vai um pouquinho mais longe – as paredes de cada lado da cama são diferentes – cada membro do casal tem seu cantinho, com a sua cara, mesmo que as mesinhas de cabeceira e abajures sejam iguais

parede marrom com adesivos

Algumas pessoas realmente gostam muito de tudo simetriquinho. Escolher a simetria é o jeito mais fácil de obter equilíbrio visual, e o menos criativo. É possível construir um ambiente harmônico e assimétrico tirando partido de outros elementos do ambiente como cores, tamanhos e texturas dos móveis, quadros e objetos.

10. Um sofá de 3 lugares, um de 2 e uma poltrona, nada é igual. Mas o azul está distribuído de uma forma que seu olhar percorre todo o ambiente, não existe um ponto que se destaque muito do resto da sala

11. Os quadros mais escuros puxam o olhar para cima, mas o sofá cinza devolve para baixo – isso é o que eu sempre chamo de dinamismo

E aí? Na sala, na recepção do consultório médico, no quarto… Cindy Crawford ou Princesa Amidala?

Imagens: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11

Categorias: Curso de Decoração Online, Decoração, Quarto, Sala de Estar
Veja Também
  1. Tereza
    08/11/2010

    Adorei seu post, eu, claro, fico com Cindy Crawford.
    Na minha opinião, a simetria seguida ao pé da letra passa idéia de falta de criatividade.
    Ela pode e deve existir, mas sem radicalizar.
    Abraços

  2. Raquel Alvarenga
    25/12/2010

    Ahahahahha descobri que minha sala tem nome – Amidala!!! Eu gosto :)

  3. Katia Muniz
    09/02/2011

    Amei seus comentários, as fotos e as dicas !!!!

  4. Elimar
    26/02/2013

    Meu Deus, encantei-me com tanta beleza, grandiosidade e dicas que possui esse site, estou deslumbrada com as explicações dos temas abordados.
    Parabéns a criadora.Serei uma seguidora fiel!
    Elimar Cruz

  5. alessandra
    22/03/2014

    belíssimos estou reorganizando minha sala